[Cinema] “Não brinques com estranhos”

21105787_1675218939163197_412676114865570402_n

Sinopse:

São férias de verão e o caloiro Lewis Thomas (Paul Walker) está pronto para embarcar numa viagem de carro pelos Estados Unidos com a rapariga dos seus sonhos, Venna (Leelee Sobieski). Mas os seus planos românticos alteram-se quando ele resgata o seu irmão mais velho, Fuller (Steve Zahn). Conhecido por causar problemas, Fuller acaba por envolver Lewis numa brincadeira com um camionista solitário através do rádio Px, CB (Citizens Band Radio, equipamento de comunicação de curta e longa distância muito utilizado por camionistas de todo mundo em estradas durante a década de 70 e 80). O camionista, uma força aterrorizante e invisível conhecido apenas pelo nome de Rusty Nail, quer rir por último… e vingar-se.

Read More »

Anúncios

“Tóquio, Japão”, por José Luís Peixoto

12311030_1063647300332669_8594505769962921658_n

A hipótese é: talvez cada um tenha a sua cidade individual. Talvez essa cidade tenha ruas, avenidas e todo um sistema de transportes, pontual, limpo e silencioso. Na organização dos passeios, talvez seja possível que cada um se cruze com muitos outros nessa cidade, mas também é possível que todos evitem tocar-se ou, até, olhar-se nos olhos. Se o fizessem, talvez percebessem que todos são o mesmo, único criador dessa cidade individual, guardião assustado de um rosto que julga desprotegido.

Read More »

[Animal World] Rubi – Parte II

1073340_465946190159352_375607252_o

Depois da hérnia no lombo, o Rubi foi farejar para a casa ao lado, que na altura era um barracão em cimento que estava em obras. Por azar espetou um arame numa artéria perto da zona anal, quando apareceu ao portão vinha a jorrar sangue; o meu pai até pensou que ele estivesse partido ao meio. Na verdade, o buraquinho da artéria era mínimo, tão grande como a picada de uma agulha mas jorrava imenso sangue. Foi necessário pressionar o orifício durante algumas horas até ele sarar; porém, o Rubi perdeu imenso sangue e e entrou em choque. Felizmente conseguimos reverter a situação.

Read More »

[EscreVivendo] “Gosto de Ti”

19756810_1614405158577909_8014758275430062165_n

Gostar de ti é rever-me em ti e naquilo que somos. Acho que esta é uma boa definição de amor.

Gosto de ti como se gosta da chuva, das gotas que caem do céu num ritmo frenético mas continuo e nos humedecem a pele e nos lavam a alma.

Gosto de ti como se gosta do Sol, do seu brilho, do calor que dele emana. Como aquele pôr-do-sol que pela sua intensidade me faz sempre pensar em ti.

Read More »